Amazake, o saqué doce que quer ser superfood.

Uma tigela de chá matcha pela manhã, uma chávena de chá preto às cinco e… Um copo de amazake, o saqué doce, após a refeição? Após ter passado décadas no esquecimento coletivo, o amazake volta a dar que falar e sobretudo graças às suas propriedades nutricionais.

O que é o amazake?

Também conhecido por ama-saqué ou saqué doce, o amazake é uma bebida tradicional japonesa obtida através da fermentação de um cereal – normalmente o arroz, embora opções cada vez mais em voga sejam a aveia ou o milhete -, em conjunto com a presença do fungo aspergillus oryzae, frequentemente designado de koji.

Resultante de um processo prematuro da produção do saqué, uma das mais célebres bebidas alcoólicas nipónicas, o amazake é uma bebida consumida há mais de um milhar de anos, sendo referida na obra Nihon Shoki, uma compilação acerca dos primórdios do Japão e que remonta ao ano 720 depois de Cristo.

Qual o sabor do amazake?

O sabor do amazake é consideravelmente doce e com assinaláveis notas herbáceas. Sendo uma bebida adocicado e com uma consistência algo pastosa, este saqué é ideal para os meses de inverno. O amazake é a bebida de eleição das festividades Hina Matsuri, celebradas anualmente a três de março.

Contudo, o amazake nem sempre foi uma bebida associada à estação mais fria do ano. Durante o período Edo, que durou de 1603 a 1868, o amazake era servido frio e consumido durante os meses de verão, de modo a combater o cansaço e inércia associados às elevadas temperaturas. Curiosamente, foi considerada, nesta época, um bem essencial para o sustento da população e o seu preço era fixado pelo governo.

Qual o teor alcoólico do amazake?

Dependendo do modo de preparação, o amazake poderá ser uma bebida sem álcool ou ter um teor alcoólico consideravelmente baixo. Apesar de ser considerado um sake, adianta salientar que o amazake é exclusivamente uma bebida com, no máximo dos máximos, baixo teor alcoólico, por resultar do processo inicial de preparação da bebida alcoólica saqué.

O amazake é saudável?

Apesar de poder conter álcool e da sua textura ser algo semelhante à de arroz doce ou papas de aveia, o amazake é considerado bastante saudável e tem vindo a ser designado como um autêntico superalimento de origem japonesa. Considera-se que poderá estimular a capacidade cognitiva, aumentar os níveis de energia e até simultaneamente hidratar.

Quais os benefícios do amazake para a saúde?

Com vitaminas do grupo B, aminoácidos, biotina, fibra e ácido pantoténico, o amazake é rico em oligossacáridos e uma fonte natural de açúcares simples. Para além disso, os valores nutricionais do cereal com que é preparado aparentam não ser destruídos durante a fermentação.

É um alimento sem glúten, lactose ou colesterol. Na sua forma original e inalterada, não contém aditivos, açúcares refinados ou substâncias de origem animal, sendo bastante usado em receitas vegetarianas ou veganas. O amazake é um alimento fácil de digerir e poderá ser particularmente benéfico para aqueles com problemas digestivos ou alergias alimentares. Graças à sua composição nutricional, pode ajudar a regular o trânsito intestinal e combater a prisão de ventre.

Como se pode consumir e usar o amazake?

O amazake é um excelente substituto de açúcares refinados e adoçantes, podendo ser usado em doces confeccionados com fruta, bolos, pudins e gelados. Quando adicionado a sumos, bebidas ou simplesmente a água, poderá constituir um agradável refresco. Pode até ser adicionado diretamente em tostas como se de compota se tratasse. Em suma, é um alimento versátil e que poderá ser utilizado sobretudo como alimento de preparação de sobremesas, substituto de açúcares refinados ou suplemento alimentar.

Como fazer amazake caseiro?

Embora cada vez mais seja possível encontrar amazake à venda em lojas de produtos naturais, fazer amazake em casa é surpreendentemente fácil e barato. Os ingredientes necessários para a confecção de amazake são arroz (ou outro cereal à escolha), koji (aspergillus oryzae) e água.

Dependendo da variedade de arroz escolhida, o sabor e textura poderão variar ligeiramente. Arroz cujos grãos sejam longos ou tenham um tamanho médio confere um sabor ligeiramente doce ao amazake. Por seu lado, grãos de arroz de tamanho pequeno intensificam o sabor adocicado.

O tempo de preparação do amazake é de aproximadamente oito horas. Durante esse período de tempo, o preparado deverá manter-se quente, idealmente com uma temperatura entre os 55 e os 60 graus centígrados. Para facilitar a preparação, poderão ser usados utensílios como uma panela de arroz elétrica ou uma iogurteira.

O amazake caseiro deverá ser consumido num curto intervalo de tempo após a confecção, no máximo uma semana. Deverá ser aquecido diariamente para evitar que azede, pois o processo de fermentação continua a decorrer mesmo após a refrigeração.


Depois de ter lido recentemente um artigo acerca do amazake e ter investigado mais acerca deste alimento, estou em pulgas para experimentar… Só espero que não tenha um sabor muito doce! E vocês? Já tinham ouvido falar do amazake? Vamos tentar fazer? C.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s