30 alimentos bons para uma pele saudável.

Ter e manter uma pele saudável requer disciplina e dedicação, se bem que, por outro lado, também alguma predisposição genética. Contudo, não deixem que tal vos desmotive! Não sendo mentira que fatores genéticos assumem uma inegável importância, é bem verdade que os nossos hábitos podem fazer a diferença.

E é assim que gostaria de abordar o papel da alimentação na saúde cutânea. Afinal, de que adianta usar a perfeita, a maravilhosa, a one of a kind marca La Mer, se muito do que consumimos diariamente é la mer*a? Como gosto tanto de dizer, os cremes continuam por fora o trabalho que tem de começar por dentro!

Por isso, precisamente por estar tão convencida acerca da preponderância de uma alimentação rica em nutrientes para uma pele saudável, baseei-me nas minhas rotinas, fiz a minha pesquisa e… Big article alert! Se não quiserem ler, vejam só as imagens. 😉

Cenoura:

cenoura-1
Fonte: Pixabay.

A cenoura constitui um dos alimentos mais ricos em provitamina A sob a forma de betacaroteno. estando esta, em diversos estudos, associada ao combate dos efeitos nocivos da radiação solar. O consumo regular de cenoura poderá contribuir para a manutenção de uma tez luminosa e de um bronzeado saudável.

Papaia:

papaia
Fonte: Pixabay.

Enquanto a presença de provitamina A (betacaroteno) e vitamina C conferem à papaia o seu tom alaranjado, é a enzima papaína uma das principais responsáveis pelas vantagens desta fruta para a pele.

À papaína são associados benefícios como a prevenção do envelhecimento precoce, o clareamento da tez e a esfoliação suave. Para tirar maior partido das propriedades da papaína, aconselha-se o consumo de partes da papaia que se encontrem próximas à sua casca, onde a concentração desta enzima é maior.

Sementes de sésamo:

sésamo
Fonte: Pixabay.

Bem, se o sésamo é amplamente usado na culinária de países como a China e Japão, fundadores dos cuidados de pele, por algum motivo será! E, neste caso, talvez seja preferível consumir sementes de sésamo preto, devido à aparente maior diversidade nutricional e atividade antioxidante desta variedade.

Mas certo é que ambos os tipos de sésamo são ricos em zinco, oligoelemento que promove a manutenção de uma pele normal. ❤

Beterraba:

beterraba
Fonte: Pixabay.

Apesar de não ser um vegetal particularmente rico em provitamina A ou vitamina C, nutrientes fundamentais para a obtenção e manutenção de uma pele saudável, a beterraba é uma mais-valia do ponto de vista nutricional, devido à presença de fitonutrientes como betalaínas. Estes conferem à beterraba diversos benefícios, nomeadamente antioxidantes e anti-inflamatórios.

Limão:

limão
Fonte: Pixabay.

Qualquer alimento naturalmente rico em vitamina C beneficia a pele e o limão não é exceção! Este poderoso antioxidante promove a produção normal de colagénio e neutraliza os efeitos nocivos dos radicais livres.

Sobretudo se administrado de forma epidérmica, algo a que não me oponho exceto se aplicado numa pele com relativa sensibilidade, o sumo de limão poderá contribuir para o clareamento e luminosidade da pele bem como para a redução de manchas ou sinais de idade.

Importa ainda frisar que o ácido cítrico presente no sumo de limão aumenta a sensibilidade da pele face à luz do sol, pelo que uso de protetor solar deverá ser imperativo.

Couve:

couve
Fonte: Pixabay.

A couve é uma autêntica superfood e nem sempre lhe é concedido o mérito que merece. É um alimento riquíssimo em vitaminas e minerais, versátil, fácil de preparar e bastante em conta.

De salientar é o facto de conter uma dose elevada de vitamina C, que contribui para a produção normal de colagénio. É aconselhável ainda consumir com regularidade diferentes variedades de couve, de modo a tirar partido dos benefícios individuais de cada uma.

Algas:

algas
Fonte: Pixabay.

O facto de ser um ingrediente frequentemente usado nos mais diversos produtos de beleza deverá falar por si. Para além disso, as algas são ricas em nutrientes e nos meus tão amados antioxidantes; por seu lado, principalmente as algas verdes são ricas em clorofila, o lhes confere potencial depurativo.

De arame a wakame, há tanto por experimentar! Mas de forma moderada, sobretudo perante uma possível intolerância ou limitação associadas ao consumo de iodo.

Abóbora:

abóbora (1)
Fonte: Pixabay.

Rica em provitamina A na forma de betacaroteno, vitamina C, enzimas e ácidos alfa-hidróxidos, o consumo regular de abóbora contribui para a manutenção de uma pele normal, para a proteção das células contra o stress oxidativo bem como para a produção normal de colagénio, substância que promove a elasticidade natural da pele.

Possuindo também uma dose assinalável de zinco, a abóbora poderá ser um excelente aliado no tratamento de acne, pois este oligoelemento coadjuva a regulação da atividade das glândulas sebáceas. Todos estes motivos bem como o seu delicado sabor indicam que não se devem lembrar da abóbora só no Hallowe’en!

Tomate:

tomate
Fonte: Pixabay.

No caso do tomate, não são apenas as vitaminas A, C e a biotina a fazer maravilhas pela nossa pele. Também o potentíssimo antioxidante licopeno merece lugar de destaque, pois contribui para a redução dos danos causados pelos radicais livres no organismo, desencoranjando o envelhecimento precoce. Yes! 🙂

Cacau:

cacau
Fonte: Pixabay.

As substâncias antioxidantes presentes no cacau, nomeadamente os flavonoides, poderão contribuir para a hidratação, firmeza e elasticidade da pele. É também o elevado teor de antioxidantes presentes no cacau que, diminuindo os efeitos nocivos associados à exposição solar, poderá promover a luminosidade cutânea.

Recomenda-se o consumo diário ou regular de um quadrado – um quadrado pode ter vários tamanhos, não é? – de chocolate negro, idealmente com um teor mínimo de 70% de cacau. Se puderem evitar o consumo de chocolate negro que contenha o emulsificante óleo de palma, façam-no para ajudar a proteger o meio-ambiente.

Chá:

chá
Fonte: Pixabay.

Não ando a beber chá só para encher a bexiga… Nem eu nem a maioria das pessoas! Para além disso, não será em vão a bebida mais consumida a nível mundial (caso não se considere a água). ❤

Embora qualquer chá seja uma boa opção – sorry, chás engarrafados com adição de açúcar não estão incluídos -, as melhores escolhas para a pele incidirão no chá verde, particularmente no matcha; chá branco; chá herbal rooibos; assim como infusões de camomila, menta, gengibre, funcho e dente-de-leão.

Abacate:

abacate
Fonte: Pixabay.

Não é à toa que está bastante em voga. Sendo um alimento rico em vitamina E e A, o abacate tem propriedades anti-inflamatórias e contribui para a proteção das células contra o stress oxidativo bem como para a manutenção de uma pele normal.

A presença de álcoois gordos polihidroxilados poderá promover a proteção das células contra danos causados pela exposição moderada à luz solar. Para além do mais, é um alimento saciante.

Aveia:

aveia
Fonte: Pixabay.

Apesar de o povo egípcio ter usado avidamente a aveia para fins estéticos, só recentemente este alimento voltou a estar na moda a nível quase global. Aliás, a USFDA confirmou o potencial da aveia no alívio dos efeitos de maleitas cutâneas como a psoríase ou dermatite.

No que concerne uma possível aplicação tópica, a aveia tem vindo a ser usada em máscaras caseiras desde os primórdios da humanidade, muito graças às suas propriedades hidratantes.

A aveia em estado coloidal (ou micelar) é excelente para hidratar ou aliviar sintomas de doenças da pele. Basta colocar aveia num moedor de café, reduzi-la a finas partículas e juntar água! 🙂

Batata doce:

batata doce
Fonte: Pixabay.

Altamente nutritiva, a batata doce contém vitaminas, minerais e antioxidantes em abundância. De destacar é o seu elevado conteúdo de betacaroteno, uma das formas da provitamina A, e antocianinas, cujas propriedades antioxidantes são reconhecidas.

Quem desejar tirar máximo partido do potencial nutricional da batata doce e manter o seu índice glicémico relativamente baixo deverá optar por cozer este alimento. Por seu lado, também a batata normal contém muitos dos nutrientes acima referidos, pelo que, em moderação, constitui igualmente uma boa escolha.

Melância:

melância
Fonte: Pixabay.

Agora que o verão está quase, quaaase a chegar (ao hemisfério norte), a melância está de volta à cena! E, sendo um alimento com um índice glicémico relativamente elevado, a little goes a long way!

A melância é um alimento rico em antioxidantes como o licopeno e contém ainda vitamina C, importante para a produção normal de colagénio. Para além do mais, a melância possui uma elevada quantidade de fluídos, hidratando de forma natural.

Vinho tinto:

vinho tinto
Fonte: Pixabay.

Se, até agora, nada foi do vosso agrado, talvez gostem disto! Sendo que o resveratrol, um polifenol, se encontra presente nas grainhas e pele das uvas roxas, quem consome vinho tinto em moderação poderá beneficiar das suas propriedades antioxidantes.

E, coincidência das coincidências, os vinhos tintos portugueses têm fama de serem de elevada qualidade. Tchim tchim a uma pele saudável e bonita! 😉

Sementes de girassol:

sementes de girassol
Fonte: Pixabay.

Pequenas, mas potentes. As sementes de girassol são um dos alimentos mais ricos em vitamina E, um dos principais antioxidantes lipossolúveis que são essenciais à saúde humana, providenciando assim proteção contra os danos infligidos pelos radicais livres. Estas sementes são ainda uma boa fonte de selénio, um oligoelemento que também contribui para a manutenção de cabelos e unhas normais.

Azeite:

azeite-1
Fonte: Pixabay.

O azeite contém doses elevadas de vitamina E e, devido à sua consistência, constitui um excelente hidratante, pelo que tem vindo a ser empregue de geração em geração em produtos de beleza ou tratamentos caseiros.

Amêndoas:

amêndoas
Fonte: Pixabay.

A amêndoa é um alimento rico em vitamina E, nutriente que se encontra associado à proteção celular contra o stress oxidativo. Deste modo, contribuem para uma aparência suave e luminosa da tez. Por isso, não se cinjam apenas às amêndoas da Páscoa! 😉

Soja:

soja
Fonte: Pixabay.

A soja oferece uma plenitude de benefícios, exceto em casos nos quais uma intolerância a este alimento seja latente. A soja é rica em proteína vegetal e oferece as tão prezadas isoflavonas. Devido aos seus efeitos de cariz estrogénico, são utilizadas principalmente para aliviar sintomas da menopausa.

Mas não é tudo acerca das isoflavonas. Sendo a soja uma das melhores fontes de agliconas, formas bioativas associadas às isoflavonas, o seu consumo regular permite melhorar a aparência e elasticidade da pele. Por questões ambientais, prefiram, sempre que possível, soja oriunda de plantações sustentáveis.

Óregão:

oregano
Fonte: Pixabay.

Aromático e pouco calórico, o óregão apresenta ainda uma impressionante capacidade de absorção de radicais oxigenados, superando alimentos como a maçã, laranja e até o mirtilo, constituindo uma das melhores fontes de antioxidantes.

Segundo este estudo, para obter uma maior quantidade de antioxidantes, é recomendado o uso de folhas secas de óregão ou, para quem deseje uma aplicação tópica, óleo feito a partir desta erva.

Peixe gordo:

peixe
Fonte: Pixabay.

Aqui são visados sobretudo peixes como o salmão, a sardinha ou o atum. Em particular, o salmão é um alimento rico em astaxantina, um carotenoide que lhe confere o seu tom alaranjado. Tal como outros carotenóides, a astaxantina tem propriedades antioxidantes e atua de forma a prevenir e combater o stress oxidativo.

Os três peixes acima mencionados têm em comum o facto de serem ricos em ácidos gordos ómega-3, frequentemente associados à preservação da elasticidade e vitalidade da pele.

Linhaça:

leinsamen
Fonte: Pixabay.

Sendo constituída por ácidos gordos essenciais, nomeadamente o ácido alfalinolénico, minerais e oligoelementos bem como antioxidantes (polifenóis), adicionar linhaça a diversas receitas ou enquadrar o seu óleo na rotina de beleza pode fazer maravilhas.

Feijão preto:

black beans
Fonte: Pixabay.

Diz-se que quanto mais escura for a pele do feijão, maiores serão os seus benefícios antioxidantes. Este alimento com propriedades anti-inflamatórias contém antocianinas, corantes naturais, que poderão prevenir o envelhecimento precoce da pele associado à atividade dos radicais livres. Força na feijoada, amores! 

Mirtilo:

mirtilos
Fonte: Pixabay.

Vitamina C, resveratrol, luteína e zeaxantina? Count me in! Os benefícios do mirtilo para a pele e, em geral, para a saúde já são conhecidos pela maioria, pelo que não os irei enunciar detalhadamente. Em suma, a vitamina C dos mirtilos contribui para a produção normal de colagénio e os inúmeros antioxidantes contribuem para a proteção das células contra o stress oxidativo.

Arroz integral:

arroz integral
Fonte: Pixabay.

Se estiverem com dúvidas, escolham integral! Tal também se aplica no caso do arroz, sendo que, em comparação com o arroz branco, é nutricionalmente mais rico e equilibrado, dado não passar por um processo de refinação. Desta forma, é rico em nutrientes como zinco, ferro e vitaminas B. Contendo ainda ácido ferúlico, um composto fenólico, poderá trazer benefícios à pele.

Espinafre:

espinafre
Fonte: Shutterstock.

O espinafre é, a par da couve, outra superfood que não tem de custar horrores para fazer maravilhas. É um alimento anti-inflamatório tal como bastante rico em vitamina A e C, contendo ainda doses assinaláveis de zinco e selénio. Tendo em conta que a vitamina C é hidrossolúvel, quem quiser evitar a sua perda parcial durante o processo de preparação deverá optar, sempre que ideal, por espinafres crus.

Romã:

pomegranate
Fonte: Pixabay.

Blah, blah, rica em vitamina C, blah, blah, colagénio e elasticidade da pele… Quer no seu estado natural, quer em forma de sumo natural sem adição de açúcar, a romã oferece benefícios para a pele. Outra ótima opção é o chá de casca de romã, pois também esta parte do fruto é rica em antioxidantes.

Açafrão:

açafrão
Fonte: Pixabay.

Porque é que tantas pessoas do subcontinente indiano têm uma pele tão luminosa? Para além de uma alimentação maioritariamente à base de plantas… Açafrão! Rica em antioxidantes, esta especiaria é usada na confeção de uma panóplia de receitas ou bebidas e ainda aplicada a nível cutâneo em tratamentos de beleza naturais.

Água:

água
Fonte: Pixabay.

A água é indispensável à nossa existência enquanto seres vivos e essencial para a hidratação da pele, promovendo um aspeto saudável e reduzindo o risco do aparecimento de rugas por desidratação.

Ah, estou mesmo a falar de água mesmo ou qualquer alternativa viável e não de quaisquer líquidos de cor duvidosa que têm mais açúcar que um casal de namorados durante os primeiros meses de namoro. 😉


Espero que este artigo possa ter ajudado um pouco. Caso não o tenha feito, parabéns, pois atingiram a perfeição há um bom tempo! Anyway, o segredo aqui é, a meu ver, tentar enquadrar tantos superalimentos quanto possível numa alimentação saudável e equilibrada.

Não é de todo necessário nem realista consumir estes trinta alimentos (ou outros semelhantes) diariamente, mas se o vosso estômago conseguir, força! A chave para o sucesso é identificar alimentos ou refeições saudáveis que vos agradem e darem regularmente à vossa pele os nutrientes que tão bem lhe fazem.

A vossa pele (e sobretudo a vossa saúde) irá agradecer imenso! E, caso tenham interesse na temática da beleza através da nutrição, espreitem uma lista de alimentos que faço questão de (pelo menos tentar) consumir diariamente. E, como já devem ter reparado, os antioxidantes são de enorme importância para prevenir o envelhecimento precoce, pelo que talvez gostarão de ler como facilmente consumir mais destas substâncias.

Que acham desta lista? Qual é o vosso alimento favorito e qual mais vos surpreendeu? Vão experimentar alguma destas sugestões? You gotta let me know! C.

Anúncios

One thought on “30 alimentos bons para uma pele saudável.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s