Berlim foi…

berlim-alemanha-porta-de-brandemburgo-verão-dicas

Berlim! What else? ❤

B de (the) bomb:

Berlim nunca desilude e é, de LONGE, a minha cidade alemã favorita! Simplesmente uma explosão de vida, cultura e diversidade, apesar de bastantes momentos conturbados na sua história.

Sabes que Berlim é the bomb quando tentas fazer comparações com outras cidades, mas não consegues, porque Berlim é Berlim!

E de eclética:

Que aborrecido seria se fossemos todos iguais! A não ser que pudéssemos ser a Beyoncé. Berlim não é uma metrópole de zombies que se apresentam e vestem de forma idêntica, falam da mesma forma ou andam apenas atrás de dinheiro 9 to 5.

Berlim é uma cidade eclética, juntando elementos, tendências e pessoas de natureza bastante diversa. É bastante difícil não se sentir em casa numa cidade onde há sempre algo para cada um, independentemente dos seus interesses.

R de real:

A-D-O-R-O o facto de Berlim não tentar transmitir a ilusão de ser um local onde os problemas não existem. Hey, é uma cidade que foi arrasada durante a Segunda Guerra Mundial, tendo sido pouco depois dividida em duas partes tão heterogéneas e acabando por ser reunificada em 1989.

Claro que existem problemas: prostituição, drogas, pobreza, criminalidade… Mas Berlim não se deixa definir por flagelos sociais, mas sim pela atitude dos seus habitantes perante a vida.

L de linda:

Okay, okay, a beleza é tão relativa e o que eu vou escrever a seguir vai parecer bem estranho, mas Berlim é linda! Não necessariamente linda de um ponto de vista meramenre estético e, para explicar este meu pensamento, vou utilizar a personificação.

Se Berlim fosse uma mulher, não seria a mais atraente fisicamente, mas sim aquela que, pela sua personalidade, se torna linda com o passar do tempo. Tal como há cidades bonitas que são um pouco boring, há aquelas que podem nem ser tão belas de um ponto de vista arquitetónico, mas são mais lindas… Para mim, Berlim é assim!

I de imponente:

É uma grande cidade, com mais de três milhões de habitantes, local onde diversas culturas se cruzam e onde tudo pode acontecer, desde cuecas no parque a pessoas despidas na rua. O segredo é não olhar descaradamente: se o fizeres, não és de Berlim!

Para aqueles que se assustam com notícias ou descrições da cidade bem como para quem vem da Parvónia Town (como eu), Berlim parece um pouco assustadora. Mas, hey, se ultrapassarem essa reação inicial, vão perceber que é uma cidade que vale mesmo a pena conhecer.

M de mais:

Sim, eu sei que mais não é um adjetivo. Contudo, é uma palavra que define tão corretamente esta cidade alemã. Berlim é extra! Surpreende e excede-se. O que será de Berlim daqui a uns anos? Não sei, mas vai ser algo (ainda mais) em grande.


Passados dois anos de muita saudade, voltei a Berlim. Jaaaa! Parti no domingo passado e regressei esta quarta-feira. Que posso dizer? Apesar de não ter tido tempo para ir a todo o lado, foi fantástico voltar a submergir no modo de viver berlinense.

Espero voltar muito brevemente. Entretanto, vou matando as saudades com recordações publicadas no blog. ❤

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s