Usar óleo de coco na pele e cabelos: 10 dicas de beleza naturais.

O óleo de coco, também conhecido como azeite ou manteiga de coco, é obtido, normalmente, através da prensagem, trituração e filtragem da polpa de cocos maduros. Graças ao seu elevado teor de ácidos gordos saturados, é considerado bastante estável e ideal para cozinhar a altas temperaturas, sem que corra o risco de oxidar.

O óleo de coco faz bem à saúde? Quais os seus benefícios?

Para aqueles que o consomem regularmente, mas sempre com moderação, o óleo de coco apresenta alguns benefícios para a saúde. Este alimento é, por exemplo, rico em fibras e em ácidos gordos saudáveis, nomeadamente em ácido láurico.

O que provavelmente será uma má notícia, embora, até à data, ainda divulgada em diversos canais de informação, é que o óleo de coco não causa, por si só, a perda de peso. Com cerca de 800 calorias por cada 100 gramas, não é de todo um alimento baixo em calorias. Contudo, convém recordar que não são calorias exclusivamente vazias (ou seja, desprovidas de valor nutricional): o óleo de coco apresenta reconhecidas propriedades anti-inflamatórias.

É possível integrar o óleo de coco numa dieta caloricamente e nutricionalmente equilibrada bem como num estilo de vida saudável. Consumir óleo de coco regularmente poderá contribuir para a aceleração do metabolismo, sendo este óleo particularmente rico em triglicerídeos de cadeia média, que demonstraram, em diversos estudos científicos, auxiliar o corpo a queimar gordura e calorias mais rapidamente.

óleo de coco_1
Fonte: Pixabay.

Como usar óleo de coco na pele:

Creme hidratante: Graças à sua textura rica, o óleo de coco hidrata de forma natural. Pode ajudar a aliviar e combater os sintomas de doenças associadas à pele, como dermatite ou psoríase, embora não substitua qualquer medicação ou tratamento. Adequa-se particularmente a peles secas. Sobretudo em peles mistas ou oleosas, quando usado de forma inadequada ou em excesso, poderá contribuir para a obstrução dos poros e provocar imperfeições.

Tratamento para melhor a aparência de rugas pouco profundas ou sinais de idade: Massajar óleo de coco na pele antes de dormir poderá minimizar rugas, sobretudo em peles pouco hidratadas. Precisamente o facto de ajudar a hidratar a pele por via exterior poderá melhorar a aparência das rugas. Embora ter pele seca não provoque rugas, quando causadas por desidratação cutânea, estas tendem a ser, em alguns casos, predominantes em peles secas e pouco hidratadas e, de modo geral, menos observadas em peles hidratadas, mistas ou até oleosas. Contudo, o óleo de coco não fará milagres.

Prevenção de estrias: Aplicar óleo de coco duas a três vezes por dia, massajando durante dez minutos, ajuda a prevenir futuras estrias e a reduzir gradualmente estrias existentes, se ainda apresentarem tonalidade avermelhada. Duas a três colheres de chá por zona afetada serão suficientes. Pode também adicionar-se açúcar, borras de café ou folhas de chá para obter um efeito esfoliante.

Desmaquilhante natural: Graças à sua consistência, o óleo de coco é ideal para desmaquilhar a pele e cuidá-la de forma natural. Graças à sua textura, remove de forma eficaz até a maquilhagem mais difícil. Além do mais, hidrata a pele enquanto elimina vestígios de maquilhagem, ao contrário de vários produtos no mercado. Mais uma vez, quem tem pele mista a oleosa deve ter o cuidado de retirar quaisquer vestígios de óleo de coco não absorvidos pela pele, de modo a evitar imperfeições.

Máscaras de beleza para o rosto e corpo com óleo de coco:

Quando utilizado em máscaras, o óleo de coco ajuda a revitalizar e hidratar a pele de forma natural.

  • Máscara hidratante antibacteriana: 2 a 3 colheres de sopa de óleo de coco + 4 gotas de óleo de árvore-do-chá.
  • Máscara hidratante clareadora: 2 a 3 colheres de sopa de óleo de coco + 1 colher de sopa de sumo de limão.
  • Máscara hidratante antioxidante: 2 a 3 colheres de sopa de óleo de coco + 1 colher de chá de açafrão + 1 colher de sopa de chá verde ou chá branco + opcional: ½ colher de sopa de folhas de chá utilizadas na preparação de um chá anteriormente escolhido, de modo a obter um efeito esfoliante.
  • Máscara hidratante purificadora: 2 a 3 colheres de sopa de óleo de coco + 1 colher de sopa de mel + ¼ de uma banana + 1 clara de ovo.
  • Máscara hidratante esfoliante: 2 a 3 colheres de sopa de óleo de coco + 1 colher de sopa de noz-moscada moída (ou 2 colheres de sal, caso seja aplicada no corpo).
óleo de coco_2
Fonte: Pixabay.

Como usar óleo de coco para o cuidado dos cabelos:

Cura capilar: Atendendo às suas propriedades hidratantes, o óleo de coco nutre cabelos secos ou danificados. A cura capilar com óleo de coco pode ser feita uma a duas vezes por semana, durante a noite ou pelo menos meia hora antes de lavar o cabelo.

Combater a caspa: Massajar o couro cabeludo com óleo de coco regularmente poderá ajudar a eliminar a caspa de forma gradual. É importante ainda remover bem o óleo de coco após a massagem, para evitar a possível oleosidade anormal do couro cabeludo.

Creme depilatório: Misturar um pouco de óleo de coco com o creme depilatório usado ou usar apenas óleo de coco ajuda a nutrir e hidratar a pele após cada depilação, podendo prevenir pelos encravados ou cortes.

Desembaraçar o cabelo: Uma a duas gotas de óleo de coco são o suficiente para desembaraçar o cabelo de forma rápida e indolor.

Substituto de gel para o cabelo: Com algumas gotas de óleo de coco, é possível modelar os cabelos de forma natural.

Como escolher o óleo de coco:

Sempre que possível, a melhor escolha incidirá em óleos que não tenham sido refinados por via de processos químicos ou cuja cor não tenha sido alterada de forma industrial. Os óleos de coco virgem, muitas vezes obtidos através de extração a frio, reúnem estas características e são, de um ponto de vista nutricional, de elevada qualidade, ainda que, normalmente, mais caros.

Em Portugal, é possível encontrar óleo de coco que apresente todas ou grande parte das características acima referidas. Entre outras marcas de grande qualidade que seguramente existem em território nacional, apresento as seguintes:

Marca: Quantidade: Custo: Biológico: Onde comprar:
Vitaquell 200 g 7,15 € Sim Lojas Celeiro (Portugal)
Naturefoods 200 g 5,39 € Sim Lojas Celeiro (Portugal)
MYPROTEIN 460 g 11,24 € Origem orgânica certificada Loja mywhey.pt
Seara 250 g 6,39 € Sim Lojas Continente e Jumbo
Origens 500 g 5,39 € Informação desconhecida Lojas Jumbo

Os preços acima são de cariz orientador e encontram-se sujeitos a variações, pelo que não  assumo responsabilidade pelas mesmas.


Catmentário:

As minhas dicas preferidas são, certamente, a aplicação de óleo de coco para promover a hidratação da pele bem como a melhoria da aparência de rugas e as máscaras faciais DIY. Para os cabelos, prefiro uma cura capilar com óleo de  coco a cada dois meses. As minhas pontas agradecem, nem que seja apenas por algumas semanas!

Aplico, pelo menos uma vez por semana, óleo de coco na minha pele, quer em forma de máscara ou simples. Normalmente, opto por massajar a pele durante alguns minutos com uma quantidade de óleo do tamanho de uma colher de chá. Coloco o óleo de coco no frigorífico, sobretudo durante os meses de verão, para que se mantenha sólido e a sua textura seja relativamente cremosa, facilitando a aplicação. Para o contorno dos olhos, é indubitavelmente preferível aplicar óleo de coco líquido, pois será absorvido mais facilmente.

A não ser que a minha pele esteja bastante seca – thanks, inverno, thanks, máscaras de limpeza! -, retiro quaisquer restos de óleo não absorvido antes de dormir, de modo a evitar poros obstruídos, que poderão resultar em imperfeições de proporções vulcânicas.

Uma das melhores sensações é acordar (ou, ainda melhor, ter!) com uma pele suave e hidratada… E o óleo de coco, sendo rico em ácidos gordos, contribui, até em pouca quantidade, para a suavidade e hidratação cutânea. Todas as dicas de aplicação cutânea de óleo de coco acima foram testadas por mim e posso assegurar que, juntamente com um estilo de vida saudável e cuidados adequados de pele, poderão contribuir para uma aparência saudável da tez.

Não experimentei as dicas de combate à caspa e substituição de gel capilar, mas estou convencida da sua eficácia. Massajar e hidratar o couro cabeludo com regularidade poderá contribuir para a redução da caspa. Por outro lado, o uso de óleo de coco ajuda a suavizar o couro cabeludo e facilita, assim, a massagem. Por outro lado, o óleo de coco apresenta características humectantes, o que possibilita a modelação dos fios de cabelo sem recurso a substâncias nocivas.

Qual é a vossa dica favorita? Experimentaram alguma? Conhecem outras? Contem-me tudo! C.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s